Memes, um fenómeno viral que a Biologia sabe explicar

    Pers / media: Activiteiten met een maatschappelijk belangPopular

    Description

    Tal como a biologia tem um ramo específico para estudar os genes — a genética –, também se criou um ramo para o estudo dos memes: é a memética. E um dos princípios dos profissionais da memética é que não importa se uma ideia ou conceito é verdadeiro ou não: importa como consegue alcançar sucesso com o seu potencial de transmissão e contágio. ... Jeremy Trevelyan Burman, teórico da Universidade de Groningen, diz ao El Español que não: a ideia original de Dawkins está a ser mal interpretada: em 1976, um meme era “um objeto imaginário” e que “o significado contemporâneo nada tem a ver com a fonte original”.

    Pode não ser um objeto científico, mas os “memes” da atualidade continuam a merecer atenção. Como é que a fotografia de uma borboleta em cima do nariz de Cristiano Ronaldo pode dar a volta ao mundo?

    Periode29-sep.-2016

    Media-aandacht

    1

    Media-aandacht